ROBERTO MENDES E SAMBAS DE RODA NO FESTIVAL DE CULTURA POPULAR


Foto: Divulgação


Embaixador do Recôncavo, Roberto Mendes faz, no dia 26 de novembro, sábado, às 18h, no palco montado no Largo do Cruzeiro do São Francisco, o principal show do Festival de Cultura Popular, que será realizado no Centro Histórico de Salvador nos dias 25, 26 e 27 de novembro, de forma gratuita.


“Santo Amaro é de onde eu venho. Tudo que eu faço e qualquer tradução feita por minha música é ligada ao comportamento do Recôncavo. Já fico nervoso só de pensar em pisar no palco, porque eu sou apaixonado por minha cidade. É lá que eu presto contas do que faço com minha tradição. Às vezes eu digo que nem sou baiano, sou apenas santamarense”, declara o artista, que promete um show com os maiores sucessos da carreira, mas também canções que dão a cor e o tom deste território baiano especial.

No palco com Roberto Mendes estarão o filho caçula João Mendes (violão e guitarra), o sobrinho Gustavo caribé (baixo) e Tedy Santana (tambores).


Samba de Roda - No Festival de Cultura Popular seis dos mais tradicionais e importantes sambas de roda do Recôncavo se apresentarão no palco do Largo do Cruzeiro do São Francisco: Samba Chula de São Brás, Samba de Dona Nicinha e de João do Boi, de Santo Amaro, Samba de Maragogó, de Maragojipe, Samba Filhos de Dona Cadú, de São Félix e Samba de Maracangalha. Mas não para por aí.


Cortejos levarão manifestações artísticar e culturais pelas ruas do Pelourinho, e serão realizados uma edição especial da Feira da Sé, com 45 expositores com produtos do Recôncavo, e o roteiro gastronômico Caminho da Comida Afetiva do Recôncavo, com bares e restaurantes da região.

O Festival de Cultura Popular é uma realização do Instituto ACM – Ação, Cidadania e Memória, com produção da Canjerê Produções, apoio da ACELEN, Rede Bahia, Correio, ACHE – Associação dos Empreendedores do Centro Histórico e apoio institucional da Prefeitura de Salvador.



Confira a programação :


Dia 25.11 – sexta-feira


10h - Abertura – Cortejo com a Banda Didá – saindo do Largo do Cruzeiro do São Francisco e percorrendo as ruas do Pelourinho.


10h – Abertura – Feira da Sé – Largo do Cruzeiro do São Francisco.


11h – Caminho da Comida Afetiva do Recôncavo – roteiro gastronômico dos bares e restaurantes que estarão abertos a partir deste horário.


16h – Cortejo com os Filhos de Gandhy – 16h – saindo do Largo do Cruzeiro do São Francisco e recebendo na Igreja do Rosário dos Pretos os membros da Irmandade, as senhoras da Irmandade da Boa Morte e as Baianas de Acarajé. Logo em seguida será realizada a missa solene presidida pelo padre Lázaro Muniz. Após a missa todos seguem em cortejo para o Cruzeiro do São Francisco, entoando o Hino ao Senhor do Bonfim.


Dia 26.11 – sábado


10h – Cortejo pelas ruas do Pelourinho com o Pierrot de Plataforma, de Salvador.


10h – Abertura – Feira da Sé – Largo do Cruzeiro do São Francisco.


10h30 – Apresentação de Maculelê e Puxada de Rede de Santo Amaro, no palco do Cruzeiro do São Francisco.


11h – Caminho da Comida Afetiva do Recôncavo – roteiro gastronômico dos bares e restaurantes que estarão abertos a partir deste horário.


11h30 - Cortejo pelas ruas do Pelourinho com o Lindro Amor, de Santo Amaro.


12h – Apresentação do Samba Filhos de Cadú, de São Félix, no palco do Cruzeiro do São Francisco.


14h - Roda de Capoeira com a Associação de Capoeira Mestre Bimba, no Largo do Cruzeiro do São Francisco.


15h - Cortejo pelas ruas do Pelourinho com o Nego Fugido, de Acupe, Santo Amaro.


15h30 – Apresentação do Samba Chula de São Brás, de Santo Amaro, no palco do Cruzeiro do São Francisco.


16h30 - Cortejo pelas ruas do Pelourinho com o Caretas do Acupe, Santo Amaro.


17h – Apresentação do Samba de Roda João do Boi, de Santo Amaro, no palco do Cruzeiro do São Francisco.


18h – Show de Roberto Mendes, no palco do Cruzeiro do São Francisco.



Dia 27.11 – domingo


10h – Cortejo pelas ruas do Pelourinho com Mascarados de Maragogipe.


10h30 – Apresentação do Samba de Maragogó, no palco do Cruzeiro do São Francisco.


11h – Caminho da Comida Afetiva do Recôncavo – roteiro gastronômico dos bares e restaurantes que estarão abertos a partir deste horário.


11h30 – Cortejo pelas ruas do Pelourinho com o Bumba Meu Boi e a Burrinha de São Bartolomeu.


12h – Apresentação do Samba de Maracangalha, no palco do Cruzeiro do São Francisco.


14h - Roda de Capoeira com a Associação de Capoeira Mestre Bimba – Largo do Cruzeiro do São Francisco.


15h – Cortejo pelas ruas do Pelourinho com a Charanga de São Félix.


15h30 – Apresentação da quadrilha Forró Asa Branca, no palco do Cruzeiro do São Francisco.


16h30 – Cortejo pelas ruas do Pelourinho com a Chegança de Saubara.


17h – Apresentação do Samba de Dona Nicinha, no palco do Cruzeiro do São Francisco.


Encerramento do Festival de Cultura Popular.



0 visualização0 comentário