top of page
site-sma.png

SAMBA JUNINO LEVA ALEGRIA E CULTURA A DIVERSOS BAIRROS DE SALVADOR


Foto: Divulgação


Novamente em 2023, as apresentações de Samba Junino têm animado a capital baiana. A programação, apoiada pela Prefeitura através da Fundação Gregório de Mattos (FGM), está acontecendo em diversas localidades de Salvador, com o objetivo de fortalecer o movimento cultural. Faz parte da programação apresentações musicais e rodas de conversa.


Nesta sexta-feira (16), a partir das 20h30, será realizada uma live no Instagram @vagner_sherek, do Samba Duro VS, com o tema “O Samba Junino sem fronteiras”, dentro do projeto “Samba Junino: União e Diversidade”.


Os convidados serão Rogério do Samba, do Hody Bamba, e Antônio Rasta, do Samba Chama.

No domingo (18), acontece o quarto desfile do Garcia de Samba Duro Junino, com saída a partir das 19h, da Rua Prediliano Pitta, em frente ao Centro Educacional Edgard Santos, no Garcia. Participarão os grupos Roda de Samba Mucum’G, Samba Morro, Samba Duro de Terreiro, Samba Futuka e Samba Offscala.


No dia 25 de junho, no Dique do Tororó, haverá programação especial, com desfiles de diversos grupos e participação de fanfarras e quadrilhas juninas.

Encerrando a programação, no dia 29 de junho, a partir das 20h30, um grande arrastão terá lugar no Engenho Velho de Brotas. Para marcar a celebração, o festejo contará com as presenças dos grupos Samba Junino VS, Hody Bamba da Sussuarana e Samba Chama da Saramandaia.


O arrastão sairá da praça da Capelinha, percorrerá as ruas do bairro e retornará ao local de partida.

Patrimônio imaterial – Identificado como uma expressão cultural soteropolitana, o Samba Junino foi reconhecido como Patrimônio Imaterial de Salvador. Em 2020, entrou no calendário cultural oficial de eventos da cidade, sendo celebrado no dia 17 de abril.

Kommentare


bottom of page