top of page
site-sma.png

PARQUE NACIONAL MARINHO DOS ABROLHOS, NO SUL DA BAHIA, COMPLETA 40 ANOS E RECEBE ATIVIDADES ESPECIAI


Fotos: Athila Bertoncini/Coral Vivo.


O Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, o primeiro do Brasil, completa nesta quinta-feira (6) 40 anos de história. Localizado em Caravelas, no Sul da Bahia, a unidade de conservação conta com a ajuda do projeto Coral Vivo para proteger a região com a maior biodiversidade marinha do Brasil e do Atlântico Sul.


O Parque abrange uma porção significativa do maior banco de corais e mais importante berçário das baleias jubartes do Atlântico Sul, além de espécies de tartarugas marinhas, aves marinhas e uma infinidade de peixes e invertebrados.


A região despertou grande curiosidade de Charles Darwin e outros cientistas e ilustres navegantes como Américo Vespúcio, que já estiveram no local.

Para comemorar os 40 anos do local, o projeto Coral Vivo vai realizar uma série de atividades culturais e educativas junto à comunidade local e aos visitantes do Parque e da localidade até o final do mês de abril.





Nesta quinta, acontece o lançamento do vídeo e do mapa digital "#ChapeirãoPierreAbrolhos360".

A gravação, feita em 360º, conduz o espectador em um mergulho pelas extraordinárias formações de recifes da unidade de conservação. O público poderá assistir ao vídeo utilizando óculos de realidade virtual dentro do Centro de Visitantes do Parque Nacional Marinho dos Abrolhos. Haverá também uma roda de conversa sobre o uso das novas ferramentas tecnológicas como apoio ao trabalho de interpretação ambiental.



Entre os dias 17 e 20 de abril, serão realizados encontros pedagógicos em parceria com as secretarias municipais de educação de Caravelas, Prado e Alcobaça.


Nessas oportunidades serão elaboradas estratégias e ações de “ciência cidadã” nas salas de aula, com apoio de obras e materiais didáticos e paradidáticos produzidos pelo Projeto Coral Vivo.

Os eventos organizados pelo Coral Vivo terminam no dia 25 de abril, com a “Noite de Cinema”, que acontece na Praça de Eventos de Caravelas. Serão exibidos, a partir das 19h, episódios da série "Amar o Mar", produzida pelo Coral Vivo e disponível no YouTube do projeto.


O Parque e o projeto Coral Vivo


Além de sua importância para a biodiversidade e o meio ambiente, o Parque Nacional Marinho de Abrolhos foi fundamental no desenvolvimento de pesquisas sobre os recifes brasileiros.

Os fundadores do Coral Vivo, Dr. Clovis Castro e Dra. Débora Pires, realizaram pesquisas na unidade de conservação desde a década de 1980.


Clovis Castro contribuiu para a criação do parque quando participou como voluntário de uma expedição para avaliar biologicamente a região de Abrolhos, em 1981, em seu primeiro ano de mestrado no Museu Nacional, vinculado à Universidade Federal do Rio de Janeiro.



Comments


bottom of page