SALVADOR CAPITAL AFRO REALIZA PASSEIO GUIADO, FEIRA E SHOWS NO CENTRO HISTÓRICO


Foto: Divulgação

Após o sucesso do seu primeiro evento, o Salvador Capital Afro desembarca no Centro Histórico da cidade, nos dias 10 e 11 de setembro. Através de atividades gratuitas e abertas ao público, os participantes poderão vivenciar múltiplas experiências a partir de ações como passeios guiados, a feira de empreendedorismo Afrobiz, manifestações culturais e shows.


A programação, que começa sempre a partir das 14h e segue até as 20h, vai proporcionar aos participantes a celebração e conexão com a cidade.

Para abrir os trabalhos, no sábado, 10, acontecerá o primeiro Rolê Afro do projeto, uma experiência turística que possibilitará diálogos sobre história, arquitetura e gastronomia na região do Pelourinho.


O percurso guiado, que também acontecerá no domingo, 11, visa a fortalecer a rota afrocultural em espaços públicos.

O roteiro será acompanhado pelas guias Sayuri Koshima, Creusa Carqueija e Rita Souto e passará por locais como a Sociedade Protetora dos Desvalidos, o Memorial das Baianas, a Escultura de Zumbi dos Palmares, o Cravinho, o Restaurante Ó Paí Ó, a Associação Cultural dos Filhos de Gandhy e outros.


A caminhada será finalizada na Praça do Santo Antônio Além do Carmo, espaço onde haverá a Feira Afrobiz, em parceria com a Feira da Sé, que reunirá afroempreendedores oferecendo artesanato, moda, gastronomia e música. As inscrições já estão esgotadas.

Para fechar a noite, no sábado, o público vai poder assistir ao show do MiniStereo Público e do Samba Trator, a partir das 17h30. No dia seguinte, além da feira que permanecerá no mesmo espaço, os participantes também contarão com um encontro dos grupos de capoeira Mangangá, Arte Baiana e Agô Capoeira, capitaneados pelo mestre e músico Tonho Matéria, além do show da cantora Aiace. As apresentações são gratuitas e abertas ao público.


O Salvador Capital Afro é um movimento inovador, que pretende posicionar a cidade como referência do Afroturismo, nacional e internacionalmente, por meio da valorização das manifestações culturais, do potencial criativo, da força das tradições, tecnologias ancestrais e incentivo ao Black Money, movimento que favorece negócios entre pessoas negras.

A iniciativa é da Prefeitura Municipal de Salvador, através da Secretaria de Cultura e Turismo, no âmbito do PRODETUR Salvador, em parceria com a Secretaria da Reparação. O projeto tem financiamento do BID - Banco Interamericano de Desenvolvimento e é mais uma ação implementada do Plano Afro em Salvador.


Fonte: https://www.trbn.com.br/materia/I67441/salvador-capital-afro-realiza-passeio-guiado-feira-e-shows-no-centro-historico

0 visualização0 comentário