top of page
site-sma.png

PROGRAMAÇÃO CULTURAL DO FESTIVAL DA PRIMAVERA MARCA REABERTURA DO ESPAÇO CULTURAL DA BARROQUINHA


Foto: Divulgação


A Dona Barroca está de volta! Com a chegada da estação das flores, a Fundação Gregório de Mattos (FGM) anuncia a reabertura do Espaço Cultural da Barroquinha, no entorno da Praça Castro Alves, em meio à programação cultural do Festival da Primavera.


O espaço será reaberto nesta quarta-feira (20), com extensa grade de atrações do festival, celebrando a cultura, a história e o patrimônio da cidade, com fluxo ininterrupto até o dia 1º de outubro.

Marcada para às 18h30, a reabertura do Espaço Cultural da Barroquinha será celebrada com o Projeto Afro Barroquinha, conjunto de ações e atividades artístico-culturais que integrarão a programação.


Para conduzir esse evento especial, a FGM traz o mestre de cerimônia Koanza, personagem criado pelo artista Sullivan Bispo. Na sequência, o Cortejo Afro ficará responsável por levar brilho e ritmo à noite.

No mesmo dia, será reaberta a exposição “Orixás da Bahia", um marco cultural que celebra a riqueza e a profundidade da religiosidade afro-brasileira na Bahia.


Além de ser uma expressão artística, a exposição também desempenha um papel importante na preservação e disseminação das tradições afro-brasileiras.

Para o presidente da FGM, Fernando Guerreiro, "a reinauguração do Espaço Cultural da Barroquinha se torna o epicentro de uma série de atividades que celebram a cultura, a história e o patrimônio da nossa cidade. Convidamos todos a participarem desses momentos únicos de celebração”, disse.


Confira a programação:



Nos dias 22 e 23, acontecem três apresentações especiais, sendo no primeiro dia, às 19h e no segundo, 17h e 19h, do espetáculo "Resistência Cabocla", com o Bando de Teatro Olodum. A peça conta a história de dois jovens negros, Luque e Mirna, que se preparam para desfilar no 2 de Julho, uma das datas mais significativas de Salvador. Enquanto Luque se sente ansioso para desfilar como baliza em uma das fanfarras, a musicista Mirna levanta questões sobre a falta de representatividade negra e feminina na celebração. O espetáculo, dirigido por Daniel Arcades, é uma oportunidade de honrar a coragem de nossos ancestrais negros e indígenas e destacar a importância da liberdade. A entrada é gratuita.

No dia 24, às 16h, o ritmo toma conta do Espaço Cultural da Barroquinha com "Sibí Dúdú - Roda de Samba". Esta apresentação reúne grupos soteropolitanos como Mãos no Couro, Gira D'elas e Geo da Viola, em uma celebração da cultura preta que busca resgatar a musicalidade do samba de roda e preservar os quitutes do tabuleiro baiano. Além disso, a culinária ancestral e a Feira de Afroempreendedores, com artesanato, acessórios, moda afro e produtos naturais, enriquecem essa experiência única.

No dia 26, às 17h, acontece mais uma edição do "PATRIMÔNIO É...", roda de conversa sobre o patrimônio cultural da cidade, com o tema "O Candomblé da Barroquinha e suas Matriarcas". Esta ação de educação patrimonial, integrante do programa Salvador Memória Viva da Fundação Gregório de Mattos, explora temas relacionados à riqueza cultural de Salvador.

Já no dia 27 de setembro, às 17h, o “Cine Cafezinho" apresenta o lançamento de produtos audiovisuais contemplados pelo Prêmio Jaime Sodré, incluindo a masterclass "A Origem dos Cafezinhos" e o documentário "A Pessoa por Trás do Carrinho de Café". De 28 a 30, às 19h, Sullivan Bispo traz de volta ao palco do Barroquinha, o aclamado espetáculo "Kaiala". A peça narra a história de uma menina de 10 anos iniciada no candomblé de tradição angola, que foi vítima de intolerância religiosa, quando seu terreiro foi invadido por um grupo de evangélicos que buscava pôr fim aos cultos de matriz africana.

Nos dias 30 de setembro e 1º de outubro, das 10h às 17h, o Projeto Ocupação Sound System - Arte Urbana na Comunidade oferece formação, intercâmbio e circulação para jovens do grafite e do sound system. A Feira de Empreendedores no Pátio do Espaço Cultural da Barroquinha complementa esta iniciativa, proporcionando oportunidades para empreendedores locais. Este evento é gratuito e valoriza a criatividade da juventude.

Comments


bottom of page