top of page
site-sma.png

LIVREIRO DO ANO: BAIANO VENCE PRÊMIO NACIONAL ‘VENDENDO’ EXPERIÊNCIAS LITERÁRIAS


Marina Silva/CORREIO


Manter vivos o espaço e a experiência coletiva na livraria LDM é missão de Heider Oliveira desde 2021


Livreiro é vendedor? Sim. Mas não somente. Há uma magia na profissão, que, no contato direto com o leitor, abre espaço para o universo literário.


É um “algoritmo humano” no fantástico mundo das livrarias físicas, como traduz Heider Oliveira, soteropolitano, estudante do 4º semestre de Ciências Sociais da Universidade Federal da Bahia (Ufba), eleito Livreiro do Ano pelo Prêmio Catavento, categoria inserida na sétima edição do Prêmio PublishNews.

A premiação do baiano descortina algumas camadas da indústria literária no Brasil. É um profissional jovem, que está fora do chamado “eixo literário” – Sul/Sudeste –, além de desenvolver um trabalho sob a perspectiva da presença, da troca e da experiência coletiva.

le convoca as pessoas a saírem de suas casas em um momento em que as vivências individuais ganharam centralidade - agravadas pela pandemia da covid-19 - e que o cotidiano segue cada vez mais hiperconetcado.


No segmento literário, some-se o avanço do fenômeno BookTubers, das listas de livros hypados no TikTok, o boom das vendas online e a crise das grandes redes de livrarias.


Em novembro de 2021, desempregado em meio à pandemia, Heider decidiu transformar sua longa trajetória de leitor, iniciada na infância por incentivo da mãe, em fonte de renda. Deixou um currículo na livraria LDM com uma missão pessoal muito bem definida. Queria mais do que um emprego que lhe garantisse um salário ao final do mês.


A ideia era dinamizar o espaço, fomentar a difusão cultural e contribuir com uma característica muito particular da rede baiana de livrarias: difundir o potencial literário do Nordeste, sobretudo autores baianos.


“Levar meu conhecimento de leitor para esse espaço. Eu achei que poderia funcionar. A livraria é um espaço que dizem estar fadado ao desaparecimento diante de todas as inovações que o mercado vem trazendo”, enfatiza. Desde então, ele tem organizado lançamentos, participação em eventos, feiras, encontros entre escritores e leitores e clubes de discussão, entre outras maneiras de levar as pessoas para dentro da livraria.

“Nas páginas digitais você entra destinado a comprar algo. Na livraria, não. É um mundo que se descortina. A pessoa não vai somente para comprar. Vai descobrir coisas completamente diferentes do que esperava”, destaca.

Um clube para chamar de seu


Uma das experiências que pavimentou o caminho para a conquista do título de Livreiro do Ano foi o trabalho de Heider como curador e mediador do clube de leitura LDM do Shopping Paseo, no bairro Itaigara, onde ele trabalha. Ele foi convidado pessoalmente para coordenar o projeto, iniciado há sete meses. Antes, já utilizava o espaço para reunir associados de outros clubes de leitura, como os da TAG Curadoria.


Livreiro baiano ganha título nacional na categoria

Heider Oliveira transformou sua paixão pela leitura em profissão (Foto: Marina Silva/CORREIO)

“O leitor que frequenta a livraria LDM conhece o mercado editorial, as publicações das grandes editoras. O que me proponho a fazer é oferecer livros de editoras menores, independentes, livros que não estão no radar midiático. A ideia é que a gente faça uma viagem por diferentes países a cada mês. Já passamos pela Nigéria, pela Coreia do Sul, pelos Camarões, Turquia”, explica Heider.



Reconhecimento


O incentivo para a inscrição na premiação veio da escritora baiana Yara Fers, que tem entre suas obras Anatomia de um Quase Corpo. Além de ter tido seu livro lançado no local, com organização de Heider, ela também é participante do clube de leitura. “Ele leva para a livraria obras que estão fora do circuito, mas que trazem questões importantes. Faz indicações que agregam, conhece livros diversificados. Em uma conversa, ele vai te indicar um livro de acordo com o seu perfil. É incrível!”, elogia.



Reconhecimento


O currículo livreiro de Heider já conta com mais de 100 pessoas inscritas no clube de leitura da LDM – que rende uma média de 200 livros vendidos por mês -, organização de seis encontros literários, cinco lançamentos e a inserção de mais de 10 editoras no catálogo da livraria.


“O Heider é aficionado pelos livros, pela literatura e muito dedicado ao seu trabalho. Além de já ter o hábito e, diria mais, a compulsão pela leitura de livros, especialmente físicos, ele lê para obter conhecimento de produto e possibilitar o desenvolvimento de suas diversas atividades. Está sempre ligado, em 330V”, destaca Primo Maldonado, diretor da rede.

A categoria Livreiro do Ano passou pelo voto popular. Na reta final, Heider concorreu com profissionais já experimentados no mercado, que atuam nas cidades de São Paulo (Megafauna) e Campinas (Leitura).


“Fiz a inscrição não acreditando muito porque eu estava concorrendo com pessoas do Sudeste e Sul do país. E não é que o negócio aconteceu? Fui com o sentimento de gratidão de estar segurando o top 3, mas em nenhum momento passou pela minha cabeça que eu iria vencer”, conta. A entrega do prêmio aconteceu em São Paulo, no início do mês.


Indicações de leitura

A pedido do CORREIO, Heider listou 10 indicações de leitura, lista a qual ele privilegiou autoras mulheres. Confira: 
1 - Toni morrison - A canção de Solomon
2 - Karmele Jaio - A casa do pai
3 - Maria José Silveira - Maria Altamira 
4 - Maryse Condé - O coração que chora e que ri: contos verdadeiros da minha Infância 
5 - Jamaica Kincaid - A autobiografia da minha mãe 
6 - Atena Beauvoir - Contos Transantropológicos 
7 - Isabel Allende - A ilha sob o mar
8 - Alice Walker - Em busca dos jardins de nossas mães: Prosa mulherista
9 - Djaïli Amadou Amal - As impacientes
10 - Yara Fers - A anatomia de um quase corpo



Como fazer parte do clube de leitura mediado por Heider?

Os encontros acontecem presencialmente no segundo sábado de cada mês, sempre na livraria LDM do shopping Paseo, às 16h. A inscrição no clube é gratuita. Os livros selecionados para a leitura coletiva mensal são comercializados na própria rede com 15% de desconto - nas filiais e no site. 

bottom of page