top of page

JAMMIL SE APRESENTA NA PONTA DE HUMAITÁ FECHANDO PRIMEIRO FINAL DE SEMANA DO FESTIVAL DA PRIMAVERA


Fotos: Lucas Moura / Secom PMS


Evento que já virou tradição no calendário da banda Jammil e Uma Noites, o ‘Vamos Ver o Pôr do Sol’ retornou à Ponta de Humaitá, na Cidade Baixa, no final de tarde deste domingo (10). O show fechou a programação do primeiro final de semana da 9ª edição do Festival da Primavera, organizado pela Prefeitura de Salvador, que teve a sua abertura no sábado, no mesmo local, com o espetáculo Samba Djanira, da cantora Illy.


A banda Jammil, comandada pelo novo vocalista Rafael Barreto, trouxe no seu repertório diversos clássicos, como ‘Praieiro’, que se misturaram às canções recém-lançadas no EP ‘Uma História de Sucesso - Parte 3’, que contém cinco releituras feitas pela nova formação.

O show começou com uma sequência de hits, como ‘Ê Saudade’, entoados em alto e bom som pela multidão que acompanhou o show não só do largo de Humaitá, mas também das lanchas que estavam ancoradas no mar.


Rafael Barreto destacou que o projeto é algo que já faz parte da história dele no Jammil e de Salvador.


“Pra gente isso aqui é muito ‘massa’, esse lugar tem uma magia incrível! Sou daqui de Salvador, mas fazer esse pôr do sol pra essa galera, no lugar onde eles se sentem em casa, é uma lotação certa. Já me sinto parte desse contexto, pois fico ansioso quando falam que vai ter show em Humaitá. É de uma energia incrível. É uma delícia estar aqui novamente. A gente sobe no palco fazendo música, com amor, com alegria”, disse.


O show teve a participação especial de Jeremias Gomes, filho do cantor baiano de reggae Edson Gomes, que relembrou hits do pai, a exemplo de ‘Malandrinha’ e ‘Árvore’.


O presidente da Empresa Salvador Turismo (Saltur), Isaac Edington, exaltou a beleza do pôr do sol de Humaitá.


“Esse evento é uma tradição dos fãs de axé, e a Ponta de Humaitá é um dos lugares mais emblemáticos de Salvador. Não tinha outra forma de começar o Festival da Primavera senão com um show do Jammil aqui, com um pôr do sol que é o mais bonito do Brasil. Teremos muita coisa boa até o início de outubro na cidade”, disse.

A arquiteta Luciene Gomes, de 46 anos, mora na Graça e veio com as amigas ver o pôr do sol.


“Nem sabia do show, por incrível que pareça. Primeira vez que venho e achei ótimo, super tranquilo. Acho que eventos assim são necessários. Estou curtindo muito”, disse.

O publicitário Paulo Cesar Reis, 28 anos, saiu do bairro de São Rafael e veio curtir com os amigos.


“Vim conhecer a Ponta de Humaitá e aproveitamos que ia ter o show do Jammil para unir o útil ao agradável. Achei muito lindo, me senti seguro e o lugar bem organizado. Estão de parabéns”, elogiou.

A programação da 9ª edição do Festival da Primavera traz mais de 50 atrações musicais, desde o rock até o pagode baiano; exposições em seis museus; reabertura do Espaço Cultural da Barroquinha; além de feiras de gastronomia e o ciclo de debates sobre o audiovisual SalCine Conecta.


A agenda completa de atrações pode ser conferida, em detalhes, no site do evento: www.festivaldaprimavera.salvador.ba.gov.br.


Além do show de Illy na Ponta de Humaitá no sábado, o Festival da Primavera trouxe na manhã deste domingo a apresentação da banda Mudei de Nome, dando uma volta no Parque dos Ventos, na orla da Boca do Rio, com o tradicional pranchão.

bottom of page