GAMBOA DO MORRO VIRA DESTINO PARA MENTES CRIATIVAS E NÔMADES DIGITAIS


Crédito da Foto: Divulgação

Bahia ganha primeiro espaço para trabalhar e viver em comunidade, a Base Transcriativa


Já imaginou viver em um espaço no meio da natureza com chalés exclusivos, piscina, mirante com vista para o mar, locais para praticar yoga e meditação, além de bistrô com comida brasileira e uma comunidade criativa para se conectar? Agora isso é possível. A Bahia ganhou em 2022 o seu primeiro co-living, espaço destinado para se hospedar, viver e trabalhar em comunidade. O local com 01 hectare fica na praia da Gamboa, em Cairu, ocupando uma das cidades mais antigas do país, numa comunidade local com três mil habitantes, no mesmo arquipélago que os paraísos de Morro de São Paulo e Boipeba, a Ilha Itinharé.


A Base Transcriativa traz uma possibilidade para quem pretende transformar criativamente sua visão sobre a vida, ideias e negócios. Para isso, a mágica tá no Borogodó, que só o brasileiro tem e a Transcritiva está colocando em prática na Gamboa. Já passaram por lá editores de grandes revistas nacionais e internacionais, produtores musicais, artistas visuais, músicos, empresários e jornalistas de todo Brasil.


“Eu vejo o nomadismo na Gamboa do Morro como uma oportunidade de aumentar repertório, eliminar o stress e aproveitar a natureza com muito conforto da Base. Estou me sentindo mais produtivo, realizado e desfrutando da verdadeira paz”, conta Brndon Tavares, economista e atual residente da Base.

Com a opção de residência fixa mensal, a base disponibiliza a internet em todos os espaços para quem precisa trabalhar, mas quer se manter longe da zona urbana rodeada e de um apartamento fechado. As vagas de hospedagem ainda estão disponíveis para o mês de fevereiro, e a oportunidade de viver essa experiência apenas durante uma semana ou um fim de semana está aberta neste mês.


“A comunidade reforça o turismo de capital intelectual, que permeia o turismo corporativo e o turismo de lazer. Uma tendência que inclui o nomadismo e a era do Home office. O ambiente também é propício para arte, cultura e conexão; espaço de criação, team building e resolução de desafios para negócios, tudo isso envolto a centenas de árvores, pássaros e pequenos animais encantadores, no ponto mais alto da Gamboa com um mirante com pôr do sol para inspirar toda e qualquer criatividade”, conta Lídice Berman, Co-Criadora da Base Transcriativa.

O projeto chancelado pela UNESCO Sost ainda está lançando experiências multiculturais com a ativação de marcas, movimentos e comunidades para a ocupação mais criativa, sustentável e prezando pela economia colaborativa com suporte dos moradores da Gamboa. Fael primeiro e Limpotu, artistas visuais, deixaram sua arte estampada em alguns muros valorizando ainda mais a Ilha. “Nosso objetivo é estimular o turismo e empreendedorismo da região com atenção à sua criatividade mais genuína, capaz de impulsionar transformações pessoais e profissionais, gerar mais renda e diferenciar negócios”, explica Lídice.


Para participar desta experiência basta acessar o insta: @basetranscriativa ou fazer contato através do whatsapp: (47) 99685-5191. Os interessados também podem conhecer melhor a Base do link: https://www.airbnb.com.br/users/show/433010805.




Redes Sociais


Instagram: https://instagram.com/prefeitura_de_cairu?igshid=v3mtpd0ituh5

https://instagram.com/seturcairu?igshid=16r93l75o00ln

YouTube:https://www.youtube.com/seturcairu

11 visualizações0 comentário