top of page
site-sma.png

EXPOSIÇÃO NA CAIXA CULTURAL DESTACA PERSONAGENS BAIANOS NA LUTA PELA INDEPENDÊNCIA DO BRASIL


Fotos: Fernando Vivas/GOVBA


Maria Quitéria, os Encourados de Pedrão, Joana Angélica, o Corneteiro Lopes e até mesmo o Caboclo e a Cabocla. Todos eles estão retratados na mostra “Verdade e Liberdade – A Saga Baiana da Libertação Nacional”.


Através de elementos como fotos, vídeos, instalação, música e figurinos serão apresentados os personagens baianos que fizeram parte da luta contra o domínio português.

A abertura aconteceu nesta terça-feira (18), com a presença do governador Jerônimo Rodrigues e da presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Maria Rita Serrano. A exposição representa a culminância das celebrações pelo Bicentenário da Independência do Brasil na Bahia, e revivem esse momento histórico.


De acordo com o governador Jerônimo Rodrigues, exposições como essa têm grande relevância por apresentar um pouco mais da história do Brasil e da Bahia, e é uma forma de a população ter mais acesso à cultura gratuitamente.


"A exposição conta a verdade da libertação do Brasil na perspectiva de baianos, de brasileiros, que por cada canto desse país, fez um motim, uma rebelião, uma revolta, para que a gente pudesse ser um país independente. Mas, a exposição também nos mostra que a autonomia não é totalmente completa. A gente precisa se libertar do preconceito, da pobreza, da fome. Vamos incluir as escolas nas visitações, para os alunos estarem mais próximos", afirmou Jerônimo.


O curador da mostra, Ricardo Carvalho, explica o processo de composição da exposição.



“A ideia foi trazer a independência do Brasil na Bahia para os dias atuais. Por que a gente não pode pensar a história como algo que ficou parado no tempo. Queremos mostrar o quanto esses personagens estão absolutamente vivos, permanentes no espírito do povo baiano”.

Gratuita, a visitação pode ser feita desta quarta-feira (19) até 27/08, das 9h às 17h30, no Espaço Caixa Cultural, que fica Rua Carlos Gomes, no Centro de Salvador.


Com fotografias de Armando CR, Amanda Tropicana, Pedro Nunes, Elis Tuxa e Marcos Socco e poesias de Maviael Melo, a mostra narra, de forma subjetiva e afetiva, os personagens, além de apresentar os locais históricos onde os fatos ocorreram, revelando a contemporaneidade dos sítios urbanos e rurais. Um vídeo mapping produzido pelo VJ Davi Gabiru, com narração do jornalista José Raimundo, vai contar detalhes da luta pela Independência.

A presidente da CEF, Maria Rita Serrano, destaca a importância da Caixa Cultural em realizar uma exposição mostrando os personagens importantes que marcaram a luta pela Independência.


“Resgatar isso através da cultura é importante para valorizarmos a nossa história. Por isso, estamos com várias exposições itinerantes pelo país”.


Programação alternativa


Em paralelo à exposição, nos dias 19, 20 e 21 de julho serão realizadas outras atividades nas dependências da Caixa Cultural Salvador relacionadas com as celebrações pelo Bicentenário da Independência do Brasil na Bahia. Nestes três dias, vai ocorrer o seminário “Do Grito à Liberdade”, contando com sete mesas temáticas.


A programação será encerrada com a apresentação musical da cantora Marcia Short na sexta-feira (21), às 20h. As inscrições para as atividades podem ser realizadas no site caixacultural.gov.br.

Comentarios


bottom of page