ESTAÇÃO CIDADANIA PROMOVE INICIAÇÃO ESPORTIVA DE 365 JOVENS EM SÃO MARCOS


Foto: Jefferson Peixoto/Secom

Crianças e adolescentes soteropolitanos estão tendo a oportunidade de realizar aulas de iniciação esportiva em um dos equipamentos mais completos dedicados ao fomento do esporte em Salvador: a Estação Cidadania de São Marcos, na Avenida São Rafael, s/n.


No local estão sendo oferecidas dez modalidades esportivas gratuitas para 365 crianças com idade até 17 anos.

Na estação eles aprendem esportes de quadra como futsal, vôlei, basquete e handebol; lutas como boxe, capoeira, jiu-jitsu e karatê, e ainda têm a possibilidade de praticar ginástica rítmica e balé. As aulas ocorrem duas vezes por semana, de segunda a sexta-feira, em faixas de horário ofertadas das 8h às 17h.


Moradora de Vale dos Lagos, Kátia Regina Gomes faz questão de que o filho, Kaio Venâncio, de 9 anos, participe das aulas de capoeira na Estação Cidadania. Ela afirmou que o esporte tem contribuído positivamente na formação do pequeno.


"Para mim é muito gratificante ver ele fazendo um esporte. Primeiro, por ser bom para a saúde, e depois por ele estar interagindo com os colegas, professores e se desenvolvendo como cidadão", afirmou.

Antônio Canuto dos Santos Neto, 12 anos, integra a turma de futsal da Estação Cidadania. Para ele, as tardes ganharam mais diversão com a interação dos colegas de equipe.


"Estou aprendendo sobre passe de bola, finalização, como me colocar no jogo e outras técnicas. Tenho gostado de tudo aqui. É um projeto muito bom”, contou.

Projetos e parcerias – Todos os professores que atuam no espaço são voluntários. Em contrapartida, eles, que são atletas de alto rendimento, podem utilizar o local para treinamento das equipes e federações. Através dessa parceria, treinam na Estação Cidadania, no período noturno, 100 atletas da capital.


A educadora física Priscila Santana tem atuado como professora voluntária de futsal no local. Ela afirmou que participar do projeto é uma forma de conseguir ofertar uma opção saudável de atividade para a comunidade.


"A gente sabe que o esporte é um dos maiores aliados na estruturação das crianças e adolescentes. Com as aulas aqui eles saem um pouco das ruas e ocupam o tempo praticando uma modalidade. Eu já trabalhei como professora em diversos locais, mas aqui é minha primeira experiência como voluntária. Estamos aqui porque fazemos por amor", destacou.

Além de atender as crianças e adolescentes, o espaço também oferece atividades para a comunidade. Um dos projetos voltado a pais e avós dos alunos da iniciação esportiva é o A&M Saúde que proporciona aulas de ginástica funcional para 325 familiares.


A ideia é que o público se mantenha longe do sedentarismo evitando diversas doenças que podem ser ocasionadas pela ausência de cuidados rotineiros com a saúde. As aulas acontecem duas vezes por semana e são realizadas em parceria com uma assessoria esportiva.


Comunidade – A Estação Cidadania ainda abraça os projetos esportivos desenvolvidos pela comunidade. Ao todo, são 21 projetos em atuação no equipamento público à noite, beneficiando 525 cidadãos não apenas de São Marcos, mas também de bairros do entorno.


O coordenador do equipamento, Hamilton Tosta, reforçou que a proposta do espaço é promover uma formação cidadã.


“Estar dentro desse centro esportivo como este é a oportunidade ideal de transformar a vida dessas crianças. O nosso propósito aqui não é que eles se tornem atletas, mas que além de aprender uma modalidade esportiva eles aprendam valores como respeito, comportamento, tenham a oportunidade de socializar e fortaleçam seu rendimento escolar”, pontuou.

Como participar – Para participar das atividades, os interessados devem verificar a disponibilidade de vagas na administração da Estação Cidadania e comparecer com documento de identificação, comprovantes de residência e matrícula escolar e cartão de vacinação. Após confirmação da vaga, o aluno deverá realizar um exame clínico de aptidão física para iniciar a atividade. A prioridade das vagas é para o público juvenil de escolas públicas das redes municipal e estadual.

3 visualizações0 comentário