top of page

DE SALVADOR PARA O MUNDO: CONHEÇA O SUCO DE LIMÃO COM COCO QUE É ATRAÇÃO TURÍSTICA DA CIDADE


Foto: Reprodução/Redes Sociais


Suco de limão com coco, lemon juice with coconut, jugo de limón con coco. Seja em português, inglês, espanhol ou até mesmo francês e alemão, a bebida é uma delícia.


A invenção de Milton Cavalcante, de 56 anos, começou na década de 2000, fazendo sucesso entre turistas e celebridades no Pelourinho.

Hoje, com a marca patenteada, já se expandiu para o Farol da Barra, delivery e stand de eventos, além de virar drink de restaurante.


O Alô Alô Bahia conta a história da bebida e do criador, Seu Milton.


Confira:


Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, Fundação Casa de Jorge Amado, varanda de hotel em que Michael Jackson apareceu. Todos são pontos turísticos do Largo do Pelourinho, mas nada supera a fama do carrinho de suco de limão com coco do Seu Milton. O áudio e os dizeres anunciam a bebida em diversas línguas, mas já não é nem mais necessário fazer propaganda da parada obrigatória das ruas enladeiradas.



Foto: Reprodução/Redes Sociais
“O pessoal de fora diz que não pode vir para Salvador e não provar. É uma festa, todo mundo quer tirar foto comigo. Eu fico muito contente!”, diz Seu Milton, que coleciona fotos com celebridades que compram a bebida em sua mão.

São nomes locais como Gilmelândia, Alessandro Timbó, Rui Costa, Jerônimo Rodrigues e até mesmo de fora, como Regina Casé, Sabrina Sato e GKay. Ah, famosos de outros países também estão na lista. O jovem sul-coreano conhecido como Dropmeoff por dancinhas de músicas baianas nas redes sociais provou e aprovou a bebida, além do cineasta, produtor e ator Spike Lee.


“Eu me viro nas línguas, a gente tem que se virar. Aprendi a entender o 'how much?’, aí vou desenrolando e dá certo”, conta.


Foto: Reproduçã/Redes Sociais

Mas Seu Milton nem sempre fez tanto sucesso e precisou batalhar muito para chegar aonde chegou. Aos 16 anos, ele veio sozinho a Salvador saindo de Lajedo, no interior de Pernambuco, em busca de uma vida melhor. A filha, Ábia França, de 33 anos, não esconde a alegria de ver o trabalho do pai sendo reconhecido.


“Desde pequena eu vejo meu pai sempre batalhando, lutando para sustentar a casa e não via ele sendo valorizado. Agora, com o crescimento do negócio, é que eu vejo e fico muito feliz. Ele é um vendedor ambulante, um microempreendedor e é importante que seja reconhecido”, diz.

Como surgiu a ideia


Seu Milton era vendedor de pipoca em Lajedo e, ao chegar a Salvador, de favor na casa de uma tia, começou a vender água na Praia da Boa Viagem para ajudar nas despesas. Ele migrou para o ramo de salgadinhos, depois cigarros e ainda cafezinho, na Calçada. Num quartinho de cerca de dois metros quadrados que alugou na Baixa dos Sapateiros, o fogão onde fazia o café que vendia nas redondezas era o bem mais precioso.


Depois, conseguiu se mudar para uma casinha no bairro da Saúde e então começou a vender sucos e salgados no Pelourinho.


“Era onde tinha mais movimento, muito turista”, conta o esperto empreendedor, que tem como um dos segredos do sucesso oferecer degustação, que deixa um gostinho de ‘quero mais’.


Foto: Celo Hermida/Sobregentes

Os primeiros sucos eram de maracujá e de lima, nada fora do comum. Foi então que Seu Milton resolveu que queria algo diferente.


“Comecei a inventar sabores, misturar as coisas para ver no que dava. Aí coloquei limão com água de coco e o povo adorou”, relembra ele, que depois passou a usar a própria ‘carne’ do coco na mistura.

Mas a receita completa da bebida é segredo familiar guardado a sete chaves.


O crescimento


Com as restrições provocadas pela pandemia, a filha de Seu Milton, Ábia, pensou numa saída para as vendas em baixa: o delivery. Ela, que é formada em educação física e estava desempregada na época, começou a investir nas redes sociais para expandir as vendas por delivery e encomenda.



Foto: Francisco Ferreira

A partir da retomada das atividades, ela e o esposo, Danilo Andrade, lançaram mais um carrinho da marca, agora no Farol da Barra. Ábia ainda lançou a modalidade de encomendas e o stand em eventos, como festas de aniversário e casamentos.


Durante as gravações do filme “Ó Paí, Ó 2”, a marca foi contratada para servir o suco à equipe.

Com o crescimento, o suco de limão com coco recebeu convite para integrar drinks de restaurantes da cidade: o Águas de Oxalá, do Matamouro, e o Salvador Mule, do Z1. Semanalmente, Seu Milton fornece o suco aos estabelecimentos, responsáveis pela composição dos drinks. Ele também teve a oportunidade de contar sua trajetória ao lado de outros personagens no livro “Gentes”, lançado em 2020, que faz parte do projeto “Sobregentes”.


O próximo passo, como conta, é patentear a receita, lançar o terceiro ponto fixo (desta vez no Jardim de Alah, sob o comando do filho de Seu Milton, Danilo França, de 31 anos), ampliar as vendas por encomendas e em eventos, além de criar uma estrutura para que garrafas com o suco possam ser vendidas em larga escala em estabelecimentos como mercados.



Foto: Fernando Antônio

Onde encontrar


O carrinho comandado por Seu Milton fica no Largo do Pelourinho, em frente à Fundação Casa de Jorge Amado, diariamente, das 10h às 18h. O carrinho comandado por Ábia e o esposo, Danilo, fica na Barra, em frente ao Farol, de terça a domingo, das 9h às 17h.


No primeiro ponto, é possível encontrar o copo a R$5. No Farol, as opções são o de 200ml, a R$3, e o de 300ml, a R$5, além das garrafas de 500ml, a R$10, 1L, a R$18, e 2L, a R$30.

Fonte: https://aloalobahia.com/notas/de-salvador-para-o-mundo-conheca-o-suco-de-limao-com-coco-que-e-atracao-turistica-da-cidade

0 visualização0 comentário
bottom of page