CHAPADA DIAMANTINA SE CONSAGRA COM OS MELHORES CAFÉS DO BRASIL


Fotos: Divulgação

A Cup of Excellence, principal concurso de qualidade para café no mundo, premiou duas safras da cidade de Piatã, na Chapada Diamantina, Bahia. A edição do concurso teve 24 vencedores em 2022 e a próxima etapa é o leilão das sacas de grãos premiados.

Em Piatã, a cidade de altitude mais elevada do Nordeste, a 1.260 metros acima do nível do mar, os cafés especiais já receberam inúmeros prêmios, sendo várias vezes campeão baiano.

Em 2009, a cidade elegeu um café campeão e em 2022 repetiu o feito na Cup of Excellence, competição que ocorre também nos principais países produtores de café do mundo, além do Brasil.


A Cup of Excellence é realizada desde 1999 pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil) e a Alliance for Coffee Excellence (ACE). Em 2022, o evento de premiação foi realizado na cidade de Patrocínio, em Minas Gerais.


Em 2011, o café especial do município alcançou o segundo lugar nesta competição, superando produtores de regiões tradicionais do Brasil. Hoje, Piatã, ao lado da cidade de Carmo de Minas, é considerada por grandes especialistas a origem dos melhores cafés do Brasil.


Piatã inclusive tem uma rota do café para quem aprecia a bedida e quer conhecer o processo de produção desde o cultivo até a torra.

Na Cup of Excellence 2022 o café especial produzido por Antonio Rigno de Oliveira Filho, na Fazenda Tijuco, em Piatã, com a nota 91,41 pontos, venceu em primeiro lugar. O segundo lugar ficou com o café produzido por Maridalton Silva Santana, no Sítio Bonilha, também em Piatã, que obteve 90,59 pontos em uma escala de zero a 100.


Na sequência, foram escolhidos em terceiro lugar Afonso Maria Vinhal, na Fazenda Recanto, Serra do Salitre (MG), com 90,53 pontos; em quarto lugar Homero Teixeira de Macedo Junior, na Fazenda Recreio (MG/SP), com 90,47 pontos; em quinto lugar Pedro Brás, na Casa Brás, em Vargem Bonita (MG), com (90,41 pontos).



Na próxima etapa da “copa do mundo dos cafés”, entre 25 de novembro e 9 de dezembro, os 24 vencedores serão leiloados, via internet, no dia 1º de dezembro. No pregão, os principais compradores do mundo disputarão os melhores cafés brasileiros da safra 2022.

O preço de abertura de cada lote é de US$ 5,50 por libra-peso, o que equivale a cerca de R$ 3.900 por saca* de 60 kg – uma média de R$ 65,00 por kilo. O concurso também colocará à venda os Campeões Nacionais ao preço de abertura de US$ 4,50 por libra-peso, ou cerca de R$ 3.200 por saca* – uma média de R$ 53,00 por kilo.


Os valores alcançados devem ser bem superiores aos do mercado convencional, estima a Associação Brasileira de Cafés Especiais. Mais uma prova de que não só ouro e diamantes fazem a fama e a riqueza da Chapada Diamantina.


Fonte: https://www.guiachapadadiamantina.com.br/chapada-diamantina-se-consagra-com-os-melhores-cafes-do-brasil/



0 visualização0 comentário