CASA DO CARNAVAL E CASA DO BENIN TERÃO PROGRAMAÇÃO DURANTE A FLIPELÔ


Foto: Jefferson Peixoto


Depois de dois anos paralisada devido à pandemia de Covid-19, a Festa Literária Internacional do Pelourinho (Flipelô) volta a acontecer entre os próximos dias 1º a 6 de novembro, no Centro Histórico de Salvador. Como parte da programação, a Prefeitura elaborou uma programação especial na Casa do Carnaval (Praça da Sé) e na Casa do Benin (Pelourinho). Além disso, o poder público montará um esquema de trânsito e transporte para facilitar a chegada dos visitantes ao Pelourinho. O lançamento oficial da edição do evento em 2022 aconteceu nesta quarta-feira (19), em um café da manhã na sede da Fundação Casa de Jorge Amado, no Largo do Pelourinho.


Desta vez, a festa homenageará os personagens de Jorge Amado, celebrando os 110 anos do escritor. Uma ampla programação de forma inteiramente gratuita será oferecida. A abertura da festa literária acontecerá com um show exclusivo de Zezé Mota, no Palco Flipelô, no Largo do Pelourinho, na noite do dia 1º de novembro.

Nos seis dias do evento são esperados cerca de 120 mil participantes, que vão transitar nos 126 espaços ativados do Centro Histórico, desde a Praça Municipal até o Santo Antônio Além do Carmo. Estes espaços abrigarão a programação oficial da festa, em oito locais, e também a Flipelô Mais, que em espaços públicos e privados reúne uma programação paralela feita pelas instituições estabelecidas no Centro Histórico.


A secretária de Cultura e Turismo de Salvador (Secult), Andrea Mendonça, afirma que a Prefeitura entende a importância de apoiar um evento tão rico culturalmente para a cidade.


“O Centro Histórico é um local que respira cultura. Além do apoio ao evento com serviços em geral, a prefeitura vai liberar a entrada de forma gratuita à Casa do Carnaval, durante os seis dias do evento literário. Dessa forma, vamos certificar que o acesso seja para todos que queiram conhecer um pouco mais da história do Carnaval e também aos que gostam de uma boa leitura na biblioteca do equipamento”, declarou a gestora. A Casa do Carnaval funcionará de forma gratuita, de 10h às 18h, com entrada até às 17h.

Rota dos Museus – E uma nova rota foi aberta nesta edição, a Rota dos Museus, da qual participam dez equipamentos da região, A Casa do Benin e Casa do Carnaval estão na lista. Já no sexto ano consecutivo na Flipelô, a Casa do Benin voltará a ser palco de uma intensa programação, elaborada especialmente para a edição 2022.


De acordo com o titular da Fundação Gregório de Mattos (FGM), Fernando Guerreiro, a Flipelô é um evento importantíssimo para cidade de Salvador, para o Estado da Bahia e especialmente para o Centro Histórico.


“A gente terá na Casa do Benin uma série de atividades envolvendo escritores, principalmente escritores negros. O local é um grande ponto de resistência da cultura negra. Vamos ter lançamentos, debates, culinária musical e muita coisa boa dentro dessa edição da feira”, frisou.

Os dez museus participantes estarão sinalizados num mapa com todas as informações necessárias para que o público possa aproveitar ao máximo a visita. Além do Benin e Casa do Carnaval, estão inclusos na rota o Memorial das Baianas, Memorial da Medicina Brasileira, Museu da Catedral da Basílica de Salvador, Museu da Gastronomia Baiana, Muneam, Museu do Mar Aleixo Belov, Museu Eugênio Teixeira Leal e Centro Cultural Solar Ferrão.


Demais atrações – A Flipelô 2022 terá também mesas de debates, bate-papos, saraus, lançamentos de livros e contação de histórias com a participação de diversos nomes da literatura. Haverá também exposições, apresentações teatrais e musicais, com a presença de artistas como Xangai, Juliana Ribeiro, Vânia Abreu e Gerônimo Santana.


A já consagrada Rota Gastronômica Amados Sabores contará com a participação de 36 restaurantes de empreendedores do Centro Histórico e da Casa do Benin e Restaurante do Senac, que produzirão pratos com preços especiais, com receitas inspiradas nos personagens dos livros de Jorge Amado. A Rota das Artes reunirá obras de artes exclusivas inspiradas nas obras do autor baiano, em 12 ateliês e galerias da região, com premiação através de votação popular.

O público também poderá conferir a Vila Literária Flipelô, Casa das Editoras Baianas, Espaços Infantil, Sustentabilidade e da Inclusão, Festival da Língua Portuguesa, Viva Língua, Flipelô Mais, Feira da Sé, Vitrine Flipelô, Concurso Fotográfico e Receptivo Flipelô. A programação completa pode ser conferida no site https://flipelo.com.br .


Realização – O evento é apresentado pelo Ministério do Turismo, pela Secretaria Especial da Cultura e pelo Instituto CCR, realizado na região da CCR Metrô Bahia, com patrocínio da Prefeitura de Salvador e do Governo da Bahia. O evento é uma realização da Fundação Casa de Jorge Amado, em correalização com o Sesc e uma produção da Sole Produções.

1 visualização0 comentário