top of page
site-sma.png

AFROPUNK BAHIA 2023: NA CIDADE MAIS NEGRA FORA DA ÁFRICA, O REENCONTRO COM A ANCESTRALIDADE


Fotos: @matheusl8


Evento já é considerado uma das principais datas dentro do calendário musical da Bahia. O festival na Bahia abre espaço para artistas baianos que passam pelo pagodão, trap, R&B e axé.


“Mais que um movimento. Um encontro ancestral. Mais que uma festa. Uma celebração. Mais que um festival. Uma experiência”. Salvador será palco da 3ª edição do Festival AFROPUNK Bahia. O evento, que acontecerá nos dias 18 e 19 de novembro, no Parque de Exposições, reunirá na capital baiana mais de 30 atrações “potencializando a cultura negra em suas diversas manifestações, seja na moda, na beleza, no empreendedorismo ou na gastronomia”.


O AfroPunk é considerado um dos maiores festivais de cultura negra do mundo, reunindo música, ativismo, moda e representatividade. Os palcos do AfroPunk costumam receber grandes nomes de hip-hop, eletrônico, jazz, soul e hardcore punk.






ACESSOS:

Arena
Espaço amplo com frente do palco garantida pra colar com a galera nesse grande movimento que é o AFROPUNK. Nossa arena conta, ainda, com espaço exclusivo para PCD e ativações de marcas.

Lounge
Com estrutura de acomodação própria, o espaço oferece mais conforto e serviços ampliados, com acesso, à frente de palco, espaço para PCD e ativações de marcas.

TIPOS DE INGRESSO:

Passaporte: Pacote promocional de ingressos para os dois dias do Festival AFROPUNK.
Inteira: Ingresso válido apenas para o dia escolhido. Dá acesso apenas ao local determinado no ingresso.

Meia entrada: Ingresso destinado a estudantes, idosos, trans, professores e PCDs.
50% de desconto no valor do ingresso mediante a apresentação de comprovação (exigida apenas para estudantes, idosos e professores).

Têm direito à meia-entrada estudantes de ensino público e particular (comprovante de matrícula aceito como comprovação); pessoas com idade igual ou superior a 60 anos; professores; pessoas com deficiência; e pessoas trans.

Ingresso social: A cada ingresso social, o festival destina R$ 10,00 (descontados os devidos impostos) para instituições e projetos que impulsionam a construção de novas possibilidades para o povo negro.

Comments


bottom of page