ACELERA IAÔ ENCERRA INSCRIÇÕES NESTE DOMINGO (13)


Foto: Divulgação

Últimos dias para os afros empreendedores baianos se inscreverem no Programa Acelera Iaô, que encerra as inscrições neste domingo (13/02), no site www.fabricacultural.org.br. O programa visa fomentar o trabalho de empreendimentos negros por meio do apoio, da qualificação e da aceleração dos negócios criativos. No dia 17 de fevereiro será divulgado os selecionados para participarem do primeiro ciclo, com 150 vagas, divididas nas Iaô Labs de moda, artesanato, gastronomia, música e serviços criativos.


O Acelera Iaô terá início no dia 03 de março, nas Labs montadas na Fábrica Cultural, na Ribeira. O projeto vai promover e impulsionar a educação empreendedora afro centrada, a economia criativa e a comunicação digital. As capacitações abordarão temas como planejamento e gestão de negócios criativos, design estratégico e sustentável, formação de preço e técnicas de vendas, marketing digital para pequenos negócios, entre outras.


Os participantes terão acesso a serviços gratuitos de comunicação oferecidos pelo Espaço Iaô de Criação. Ao todo serão realizados dois ciclos, contemplando um total de 300 empreendedores (150 por ciclo), com apresentação final dos negócios dos participantes para uma banca digital. No final serão selecionadas as 50 iniciativas (25 por ciclo) com maior potencial de crescimento para participarem do processo de aceleração.

Uma das caraterísticas dos Iaô Labs é seu foco nos nichos criativos. Eles contarão com especialistas em cada um dos setores, profissionais experientes no mercado, e promoverão ainda a troca entre empreendedores de um mesmo setor, fortalecendo redes em cada uma das áreas criativas.


Desenvolvido e realizado pela Fábrica Cultural, organização social fundada e presidida pela cantora e ativista Margareth Menezes, o programa conta o patrocínio do Grupo Carrefour Brasil e com o apoio da Prefeitura Municipal de Salvador. O Grupo Carrefour Brasil vem atuando no combate à desigualdade racial no país, com foco em quatro frentes de trabalho: o empreendedorismo, a educação, a empregabilidade e o combate à discriminação.



1 visualização0 comentário